segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Resenha: A Garota da Capa Vermelha

A Garota da Capa Vermelha, por Sarah Blakley-Cartwright e David Leslie Johnson conta a história de Valerie, que mora em Daggorhorn, uma aldeia assombrada por uma criatura monstruosa: um lobisomem. Na aldeia, os moradores faziam todo mês um sacrifício para o Lobo, dando-lhe ovelhas, cabras, e qualquer outro animal que tenham para que o Lobo não ataque os moradores. E, na sua infância, Valerie acabou por perder a sua cabra preferida para o Lobo. E, em uma tentativa de salvar a sua cabrita, Valerie sai de casa na calada da noite e vai até onde ela está. Entretanto, na tentativa de salvar a sua cabra, ela acaba encontrando o Lobo. E desde então, ela “muda” para sempre. Com o passar do tempo, Valerie vai crescendo e crescendo. Dizem que ela nunca mais foi a mesma desde que encontrou o Lobo. Ela atinge os seus dezessete anos, dez anos após o encontro com o lobisomem. Porém, uma pessoa volta para Daggorhorn: Peter, o seu amigo e amor de infância. Ele voltou para a aldeia, após ser expulso junto com o pai há dez anos; e volta muito mais bonito e incrivelmente sedutor. Ainda apaixonada por ele depois de todo esse tempo — e acreditando que o sentimento é recíproco —, Valerie aceita fugir com ele quando ele lhe propõe para que saíssem da aldeia e ficassem juntos para sempre. Mas no momento da fuga, é anunciado que alguém fora morta pelo Lobo. E esse alguém era Lucie, a irmã mais velha de Valerie. A morte de Lucie desencadeia uma sessão de coisas aterrorizantes que começam a cair sobre a aldeia. Os homens resolvem ir atrás do Lobo para vingar a morte de Lucie, enquanto o padre da aldeia resolve chamar um “especialista” no assunto, chamado Father Solomon. E tudo isso começou a acontecer depois que Peter voltou para Daggorhorn, o que faz Valerie se perguntar se ele é ou não o Lobo com quem ela encontrara há dez anos e que matara sua irmã… Mas ele não é o único suspeito. Father Solomon chega à aldeia e informa que o Lobo é alguém de lá, habitante de Daggorhorn, o que torna todos suspeitos. Será Peter, o amor de Valerie? Ou seria o adorável e bondoso Henry, que a pedira em casamento para seus pais, e ela não teve opção se não aceitar? Talvez alguém mais próximo dela… ou quem sabe não? A Garota da Capa Vermelha é uma história eletrizante, que faz você praticamente engolir cada página do livro. É uma arrepiante versão do clássico conto de fadas Chapéuzinho Vermelho, onde o final feliz será dificilmente encontrado.

Um comentário:

amizadediediana disse...

Oi, eu li esse livro e gostei bastante!!
Tem algumas diferencas do filme, mas o livro conta bem mais detalhes!
E o seu livro, o que posso falar dele?
AWESOME!!!
Muito obrigado por ter me mandado!
Estou terminando de ler, logo a resenha!!
QUE HISTORIA!QUE NARRATIVA!!

André Luiz
www.viajandonoslivros.com